PR E MARKETING: COMO FAZER ESSE CASAMENTO DAR CERTO?

PR E MARKETING: COMO FAZER ESSE CASAMENTO DAR CERTO?

_PiaR Group

Publicado em 08/06/2023

Marcado com #Assessoria de Imprensa #Marketing

Acredito que você, profissional da área da comunicação, já deve ter se deparado com essa dúvida: como fazer dar certo a parceria entre os setores de Marketing e Assessoria de Imprensa? Antes de responder, especificamente, essa questão, vale destacar que ambas as disciplinas são essenciais para a construção de uma marca de sucesso.


Quando olhamos com mais cuidado para essas áreas, precisamos entender não apenas suas semelhantes, mas também suas principais diferenças. O Marketing tem por premissa analisar dados e, por meio deles, traçar as melhores estratégias de promoção da empresa. 

Na outra ponta, estão os profissionais de PR, ou seja, que também fazem uso de análise de dados (cada vez mais presente em seu dia a dia), mas que os aplica para traçar estratégia de posicionamento de marca, não por meio de promoção de seus produtos ou serviços, mas sim por meio de reputação e endosso.


Como disse anteriormente, mesmo com suas diferenças, é mais do que necessário que essas áreas se comuniquem (o que é até irônico quando não acontece) o máximo possível, para juntas chegarem a um denominador comum: alavancam a imagem de uma marca.

Cada um com seus caminhos, estratégias e, principalmente, ferramentas são essenciais para o sucesso de uma empresa. Outro ponto interessante nessa relação é que, geralmente, a equipe de Assessoria de Imprensa responde aos gestores da área de Marketing, já promovendo esse match de comunicação eficiente.


Vale lembrar que em tempos de redes sociais e um público final cada vez mais ativo e exigente, não é estratégico ter comunicações diferentes nos diversos canais. É aquilo que costumo sempre reforçar para todos os clientes: tenham cuidado para não criar uma comunicação esquizofrênica.


Portanto, caro leitor, sim: Marketing e PR é um casamento que pode dar muito certo. Para isso é preciso investir em profissionais qualificados, antenados às novas formas de comunicação e, claro, ter um objetivo em comum de forma clara e transparente.

Posts Relacionados

ANSIEDADE X CONSTRUÇÃO DE MARCA

ANSIEDADE X CONSTRUÇÃO DE MARCA

_PiaR Group

Publicado em 18/05/2023

Marcado com #Assessoria de Imprensa #Marketing

Construir a imagem de uma marca no seu mercado de atuação por meio da mídia é um processo que, na maioria das vezes, demanda um certo tempo e diferentemente do que muitos pensam, requer muito estudo de mercado e do negócio propriamente dito; análises criteriosas sobre diversos aspectos, seja com as ferramentas que serão utilizadas internamente ou com os temas a serem abordados. E claro, algo que os empreendedores entendem muito bem: tentativas e erros.

 

 

Na maioria das vezes, ao contratar uma assessoria de imprensa, os CEOs e/ou profissionais de marketing já chegam com um objetivo a curto prazo: quero ser capa da Exame e da Pequenas Empresas & Grandes Negócios no próximo mês! Essa é uma expectativa super alta sobre os resultados a serem alcançados a curto prazo, mas que foge um pouco da realidade da maioria (se não todas) as empresas. Eu entendo que a visibilidade que isso traz é incrível para a marca pessoal, para a empresa e a geração de novos negócios. Porém, esse é um trabalho a ser feito a longo prazo e precisa de muitos insumos e principalmente, uma grande notícia ou o impacto que ela traz para o seu mercado.

 

Costumamos sempre dizer que assessoria de imprensa é um trabalho de formiguinha, no qual você vai aos poucos criando a sua identidade; desenvolvendo materiais que posicionem a sua marca e o executivo como autoridade em seu nicho; mostrando e provando diariamente o seu papel na sociedade e isso pode ser feito de várias maneiras:

 

 

  • ações diferenciadas
  • trabalho de employer branding
  • posicionamentos firmes sobre assuntos relevates (até aqueles que não sejam apenas da sua área)
  • conhecimento sobre o seu mercado/empresa
  • insights disruptivos
  • e principalmente ter números elevados de faturamento e de clientes.

 

Mas só isso não basta! Como eu falei, é um trabalho continuo que demanda tempo, pois seu negócio não ficará conhecida da noite para o dia. Isso levará meses, até anos, para que ocorra. Em paralelo, é de extrema importância que dentro do seu negócio, você esteja também sempre buscando parcerias novas; fazendo um trabalho de marketing e construção de imagem nas suas redes sociais; conquistando clientes importantes e com relevância no segmento e, por fim, que construa uma marca sólida no mercado, que seja conhecida em todo o ecossistema de inovação e empreendedorismo.

 

 

Esse é um processo moroso e demorado, mas com muita parceria de todos os lados, ajuda constante de todos da empresa, boas histórias, mudanças realmente disruptivas no ecossistema ao qual você participa, podemos caminhar juntos para alcançar essa meta. Por isso, procuramos sempre alinhar as expectativas com os clientes no início do trabalho para que não hajam frustrações.

Posts Relacionados

TENDÊNCIAS DAS REDES SOCIAIS: VOCÊ NÃO PRECISA ESTAR AQUI!

TENDÊNCIAS DAS REDES SOCIAIS: VOCÊ NÃO PRECISA ESTAR AQUI!

_PiaR Group

Publicado em 11/05/2023

Marcado com #Marketing #Redes Sociais #Comunicação

Antes de mais nada, se você é um fã de trends das redes sociais, não precisa ficar irritado e nem brigar por isso, não tem problema nenhum participar delas uma ou outra vez. Porém, o alerta no título deste texto é para quem quer se envolver em todas com o propósito de viralizar. Goste da analogia ou não, a verdade é que um sniper de elite acerta o alvo de primeira, não sai disparando para todos os lados

 

Assim como já falei sobre querer abordar pautas sazonais que não tem a ver com seu negócio, essa situação também está ligada aos seus conteúdos nas redes sociais. As trends são muito válidas para aproveitar o hype e serem usadas  estrategicamente para mostrar seus serviços, qualidades, pontos fortes do seu negócio e, até mesmo, um lado mais “leve” da sua empresa. Mas o foco aqui é no “estrategicamente”.

 

As famosas dancinhas sempre viralizam porque são conteúdos rápidos e com uma pegada fun. Claro que, o perfil de usuários que mais interage com essas publicações também são pessoas mais jovens, que estão na internet com o foco maior em passar o tempo. Neste caso, se sua empresa se comunica com este público, pensar em formas de abordar essas tendências é muito bom. Se você tem uma marca de roupas para o mercado de streetwear, por exemplo, convidar influenciadores que já produzem esse tipo de vídeo para fazerem coreografias usando suas peças de roupas é uma proposta interessante.

 

 

Por outro lado, se você faz parte de uma empresa mais séria, que precisa evidenciar isso nas redes sociais, essas publicações não serão tão efetivas. Contudo, sempre tem uma novidade que você pode participar. Na primeira semana de maio, os stories foram tomados pelas correntes “10 coisas que eu não gosto” e “10 coisas que eu gosto”. A ideia era que as pessoas publicassem uma lista com essas curiosidades. O sucesso foi tanto que até mesmo o Neymar participou dessa trend em seu instagram.

 

 

Trazendo para o universo corporativo, você poderia publicar em seu feed a mesma lista com coisas que você gosta ou não em seu mercado. Por exemplo, se fosse fazer para a página da PiaR, poderia colocar “10 coisas que gosto em comunicação” e falar sobre a relação que temos com a criação de bons storytellings e branding das marcas.

 

Tudo bem, já entendi. Mas que imagem isso passa sobre mim?”. Primeiramente, a premissa das redes sociais é justamente aproximar as pessoas e criar conexões. Ao fazer essa publicação, estamos nos conectando com pessoas do nosso universo que também vivem isso todos os dias, além de mostrar para o mercado como participamos e fazemos diferença todos os dias. 

 

Pensando em ações de marketing, o céu é o limite, desde que sejam sempre pensadas de formas estratégicas que vão te colocar como referência e especialistas no seu nicho. Você pode participar, mas não de tudo o tempo todo.

Posts Relacionados

A REFEIÇÃO MAIS IMPORTANTE DO DIA: MARKETING!

A REFEIÇÃO MAIS IMPORTANTE DO DIA: MARKETING!

_PiaR Group

Publicado em 09/05/2023

Marcado com #Marketing #Comunicação

Quantas vezes na sua vida você já ouviu falar que o café da manhã é a refeição mais importante do dia? Provavelmente muitas e de diferentes pessoas, afinal, essa é uma crença comum no mundo todo. Mas você sabia que na verdade, ela foi disseminada pelo marketing? Vem conhecer essa história!

 

Para entender como isso aconteceu, vou contar alguns fatos que fizeram essa crença ser fortalecida. O primeiro é graças a uma marca presente em qualquer supermercado por aí, a Kellogg’s. Famosa por seus cereais, a Kellog’s é uma das protagonistas nessa história. Desde sua fundação, a companhia sempre teve suas criações atreladas a estudos e pautas de nutrição. Isso porque, Dr. John Harvey Kellogg, um dos irmãos responsáveis pela criação do cereal, dedicou sua vida a aprimorar seus conhecimentos na área da saúde. 

 

 

Em 1923, a empresa deu um novo passo, se tornando a primeira indústria alimentar a contratar uma nutricionista. Com ajuda de Mary Barber, fundou o Departamento de Economia Doméstica da Kellogg’s. Em 1944, foi a vez de sua concorrente, General Foods, contribuir com essa crença lançando o slogan que virou uma crença mundial “o café da manhã é a refeição mais importante do dia”. 

 

Passados alguns anos, lá vem a Kellogg’s mais uma vez ensinando como se faz uma bela jogada de marketing. Para os que se lembram das aulas de história, em 1969 a Apollo 11 decolou e em sua tripulação, além de Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Collins, os cereais da Kellogg’s também estavam presentes. 

 

 

Mudando um pouco o foco, outra empresa também teve sua relevância para construir essa história do café da manhã. “The Quarker Oats Center of Excellence” é um centro de pesquisa da Quarker, companhia famosa por produzir produtos de aveia, que foi responsável, também, por desenvolver um estudo que afirma que começar o dia com aveia reduz as taxas de colesterol ruim. Conveniente, não? 

 

Por fim, de volta aos anos 20 com uma figura conhecida na história da comunicação, Edward Bernays. Bernays era um assessor de imprensa renomado que foi contratado pela Beech-Nut Packing Company, maior produtora de bacon dos Estados Unidos, para ajudar a criar uma estratégia de divulgação afim de aumentar as vendas da companhia. O plano de ação começou com a ajuda de um médico e, juntos, enviaram cinco mil cartas para outros profissionais perguntando suas opiniões sobre qual seria a melhor refeição pela manhã, ovos e bacon ou algo mais leve. 

 

Cerca de 75% dos entrevistados responderam afirmando que a opção mais reforçada era a melhor alternativa. Após a divulgação, os resultados não poderiam ser mais positivos. Além de explodirem as vendas, os ovos com bacon se tornaram a nova paixão nacional e presença quase obrigatória na mesa dos americanos. 

 

 

O que quero dizer com toda essa história? Bom, acredito que já tenha ficado claro o poder do marketing e como ele pode, não apenas aumentar vendas, mas transformar marcas em melhores amigas dos seus clientes. Durante a história, essas empresas não apenas olharam para seus produtos e pensaram em lançar promoções para aumentar seus faturamentos, mas entenderam como poderiam se tornar indispensáveis e é aqui que mora o segredo do sucesso. 

 

Olhando para o seu negócio, você consegue responder como poderia se tornar indispensável para seu cliente?

 

Posts Relacionados